another light?

Abril 2, 2009 at 2:11 am (Uncategorized)

Numa tentativa, talvez posteriormente falha, de arrumar este bloge continuar as escrever algumas bobagens de vez em qaundo me deparei com certas postagens e/ou textos que não deveria ter lido. parece que os escrevi esperando exatamente uma data próxima que os leria.

 As vezes parece que pude prever até mesmo meu futuro, bem engraçado para uma pessoa comum. E de todas as maneiras possíveis… me sinto fraco ao escrever, como se continuasse a faltar algo. Esse ano superficialmente é o melhor que já tive, mas parece tão falho e tão cheio de erros bobos. Acho que vou repousar um pouco, esquecer dos problemas que a vida (falha) nos concede e de toda aquela confusão. No máximo deve ser falta de alguém ao lado, um amigo de verdade que posso em guiar por vários e vários quilômetros. A necessidade de alguém mais forte é patético.

Somos, eu sou… então patético. Sou apenas um ‘velho’ que resmunga por alguns cantos quaisquer esperando que algo aconteça, que algo mude drasticamente minha vida. E pelo jeito, ainda não aconteceu… Estou prestes a tomar algumas decisões importantes. ou não.

De qualquer jeito, tentarei voltar a escrever, aos poucos que lêem isso, ou melhor, para mim mesmo daqui alguns dias, meses ou anos… um abraço.

Anúncios

Permalink Deixe um Comentário

éter

Fevereiro 16, 2009 at 1:58 am (Uncategorized)

não somos ‘supers’, não chegamos nem aos pés de um grande escritor inglês, americano ou qualquer poeta brasileiro. Somos tão comuns, algo descartado pela sociedade.
O comum agrada aos subordinados, aos lideres.
Mas o que seria de nós se não fosse a loucura de alguns homens?
Não me importa o que aconteça, essa dor que sinto hoje (provavelmente outro maldito resfriado) me mostra o quão frágeis somos.
Sabe, isso poderia matar alguém.
mas não importa, você sempre terá a vontade de ser além do que um pobre humano, do que foi concebido… Talvez ter um salário bom, uma esposa perfeita e passeios ao parque no domingo.
Isso é bom, mas é tão comum que me desagrada.
meu desejo é ser diferente da maioria de vocês, pérfidos, mas é somente um ideal inalcançável.
Sou sujo, um pouco mais podre que o comum.
As vezes me pergunto se sou assim ou se eu me coloco nessa situação.
Mas além de tudo sou sempre um sonhador, buscando distâncias etéreas*… Inalcançáveis, e a diversão está na busca eterna.

Que se abram as portas, cansei de murmurar pelos cantos.

Nota: Éter – Na concepção grega éter é um ar acima do oxigênio, o ar que os deuses respiram.

Permalink Deixe um Comentário

ficar falando em ‘verbos’

Janeiro 19, 2009 at 11:52 pm (Uncategorized)

fome
preguiça
saudade.
sono.
vontade de morder.
vontade de sumir.
reagir
Se drogar.
esquecer.
Mentir.
prazer?

Em parceria com fabiana, tim e raphael;

titulo por pedro.

Permalink 1 Comentário

surdo

Janeiro 14, 2009 at 3:03 am (Uncategorized) ()

Não posso te ouvir. Preciso de remédios.
não dói fisicamente. só na alma.
se eu ficar surdo? e se o som dos pássaros não ouvir?
sem a música sem a vida.
preciso de remédios, remédios, tratamento…
irei ver o doutor, ele me dara balas.

Permalink Deixe um Comentário

adeus do sonho

Janeiro 7, 2009 at 11:53 pm (Uncategorized)

Ele está morto.
Essa foi a carta final do sonho,
que ele queime em paz…

http://feelinggood.multiply.com/journal/item/46/adeus

Permalink 2 comentários

wonderland

Dezembro 31, 2008 at 12:53 am (Uncategorized)

Podes dizer-me, por favor, que caminho devo seguir para sair daqui?
Isso depende muito de para onde queres ir – respondeu o gato.
Preocupa-me pouco aonde ir – disse Alice.
Nesse caso, pouco importa o caminho que sigas – replicou o gato.

Permalink 2 comentários

to lose my life

Dezembro 28, 2008 at 7:07 pm (Uncategorized)

HE SAID TO LOSE MY LIFE OR LOSE MY LOVE,
THAT’S THE NIGHTMARE I’VE BEEN RUNNING FROM,
SO LET ME HOLD YOU IN MY ARMS A WHILE,
I WAS ALWAYS CARELESS AS A CHILD,
AND THERE’S A PART OF ME THAT STILL BELIEVES,
MY SOUL WILL SOAR ABOVE THE TREES,
BUT A DESPERATE FEAR FLOWS THROUGH MY BLOOD,
THAT OUR DEAD LOVE IS BURIED BENEATH THE MUD,

LET’S GROW OLD TOGETHER,
AND DIE AT THE SAME TIME,

I SAID ‘I’VE GOT NO TIME, I HAVE TO GO’
AND I WAS MORE RIGHT THAN I WILL EVER KNOW,
HE SAID ‘MY HEART IS FATE’ WELL MINE’S REGRET,
AND LEFT HIM CRYING NEXT TO THE CHAPEL STEPS,

LET’S GROW OLD TOGETHER,
AND DIE AT THE SAME TIME.

White Lies
To Lose my life

Permalink 2 comentários

trave, travar

Dezembro 28, 2008 at 6:41 pm (Uncategorized)

O que não há para ser escrito?
E não pode ser revelado ao todo?
A razão das palavras não sairem
Como se borboletas não voassem.

Perdido, sem razão.
Amado, por emoção
Despejado, por paixão
Escrito, por impulsão
E inventando palavras, por ficar sem razão.

Permalink Deixe um Comentário

Fim?

Dezembro 18, 2008 at 10:20 pm (Uncategorized) ()

Pessoas:

Como vão? Mais um ano terminando….daí eu te pergunto: como passou por ele?? que você de novo?? que erros repetiu?? Bem….o importante é: O Ano Está Acabando!!!!

E convenhamos, é justamente nesta época do ano que as pessoas ficam boazinhas, lembram uma das outras, dizem coisas agradáveis….mas peraí !!!! Pra que realmente serve esta época???

Consumismo? Oferendas? Simpatias? Falsidades? Hipocrisias? Calma aí!!!

Para minha humilde pessoa, o Hannukah/Natal e o fim de ano é nada mais que uma época de reflexão. Tempo de união (Jesus não é a união do divino com o mortal?). Tempo de entendimento. E o mais importante: Tempo De Lembrarmos De Tudo Que È Importante E Esquecemos Durante O Ano.

Esquecemos de ter um tempo com as pessoas que são importantes na nossa vida; esquecemos de prestar atenção nas coisas simples da vida que fazem toda a diferença para nós; esquecemos de tentar entender o outro, o diferente, o não-comum em nossa vida, que por ser diferente nos passam coisas novas na nossa vida. Esquecemos que estes valores, que são lembrados nesta época do ano , não podem e não devem ficar guardados para serem utilizados nesta época, esta época é apenas para nós lembrarmos que tudo isto é importante é necessário no nosso dia-dia!!!!

Bem…..Então neste ano novo eu te desejo apenas uma coisa: NADA!

Pois não adianta nada eu ficar desejando um rio de bênçãos e dádivas pra tua vida e você não fazer nadar para recebe-lá. Se tu quiser uma vida digna e feliz, vai ter que lutar por isso. Por isso, utilize bem este nada que eu estou te dando hoje…Entenda melhor as pessoas, você mesmo, seu corpo, as coisas/pessoas/idéias que convive….abra-se para coisas novas…!!!! [mas olha lá heim!]

Neste novo ano, se manifeste por algo que valha a pena…..Mexa-se!!!….Viver passa rápido! Não há tempo a perder!…..Neste ano, viva pelo que é certo! Viva pelo que você acredita! Levante-se por algo antes que algo derrube você! Espalhe suas idéias e qualquer tipo de pensamento que carrege o sonho de um mundo melhor, seja lá o que isso quer dizer…Entenda sua existência a cada dia.

Que neste ano novo você consiga, através deste nada, construir uma vida melhor para você e um futuro melhor para todos. E é somente isto que eu desejo para você!

Um verdadeiro ano novo para todos….

Namastê,

Sinceramente,
Cleiton de Oliveira.

Faz dois anos que me mandou essa mensagem, ela ainda vive.
Seu coração em minhas mãos, viva eu digo.

Permalink 4 comentários

sexo, cliches e prazer

Dezembro 13, 2008 at 5:12 pm (Uncategorized) ()

Cliches são bons.
Amor é cliche
Amor é bom
Amor é sexo
e sexo é otimo
Sexo é cliche?

Permalink 2 comentários

Next page »